Ativista social será uma das condutoras da Tocha em Ilhéus

Maio 11, 2016 Sem comentários »

socorro

A Tocha Olímpica representa a paz e a união dos povos. O revezamento desse símbolo dos jogos permite aos brasileiros estarem unidos nesse momento único. Em Ilhéus, a festa será realizada no próximo dia 21 e, além de esportistas, participarão do evento personalidades com atuação em diferentes setores, como é o caso de Maria do Socorro Mendonça, ativista social que não esconde a emoção por estar escalada para o festejo.

“Para mim, a tocha tem uma importância muito grande, porque eu serei condutora, umas das 12 mil pessoas que estão tendo a oportunidade, talvez única na vida, de conduzir a chama que representa a paz e a união dos povos. Então, isso é muito importante. Eu me sinto uma pessoa privilegiada e muito honrada por isso”. Em suas atividades diárias, Maria do Socorro busca contribuir com a participação no controle social, com objetivo de fortalecer a cidadania, a democracia participativa e o empreendedorismo.

Com 57 anos, Socorro Mendonça, que é empreendedora social vinculada a diversos programas e também fundadora do Instituto Nossa Ilhéus, tem uma relação com o esporte desde os 14 anos. Participou das seleções de Ilhéus de vôlei e atletismo. Socorro Mendonça conta estar extasiada por ter sido escolhida, não só por ser condutora da Tocha Oímpica, mas por poder representar sua terra natal. “Ser representante na minha cidade é muito importante, é tão importante que eu lutei para que fosse em Ilhéus, eu não queria estar em outro lugar, porque Ilhéus é a cidade em que eu nasci, é a cidade que eu amo”.

Condutores – No rol de personalidade ilheenses que vão conduzir a tocha na cidade, estão o professor e árbitro das Olimpíadas Rio 2016, Alberto Kruschewsky, e o multi-campeão nacional e internacional de surf, Jojó de Olivença. Para conhecer a história deles, basta acessar o site da Prefeitura de Ilhéus (ilheus.ba.gov.br).

Voluntariado – Além dos ilheenses que vão conduzir a Tocha Olímpica, há aqueles que podem colaborar com a festa do revezamento atuando como voluntários. As inscrições são feitas na sede da Setur, localizada na avenida Marcus Paiva, nº 236, Cidade Nova; no Ginásio de Esportes (avenida Canavieiras); no Ponto de Atendimento ao Turista (PAT), ao lado da Catedral de São Sebastião;  na Secretaria de Educação (avenida Soares Lopes); na Casa de Cultura Jorge Amado e na Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc); ou pelo site https://goo.gl/g1mBRr. Os voluntários, que terão direito a certificado e vão atuar junto ao cordão de isolamento, darão orientações ao público, como forma de evitar que as pessoas entrem na área onde o comboio vai passar.

 

Assunto Relacionado

Comente