Ilhéus registrou taxa média de ocupação 90 por cento na rede hoteleira

Outubro 16, 2017 Sem comentários »

A rede hoteleira de Ilhéus registrou taxa média de ocupação de 90 por cento na rede hoteleira no último final de semana prolongado, em virtude do feriado nacional da padroeira do Brasil, Nossa Senhora Aparecida. A grande movimentação no fluxo de visitantes também impulsionou os setores, como cabanas de praia, bares e restaurantes, mercado de artesanato, entre outros.

Segundo o secretário municipal de Turismo, Roberto Lobão, “o resultado do final de semana para Ilhéus a gente julga como extremamente positivo, e isso reflete em números com a taxa de ocupação próxima a 100 por cento, variando entre a mínima de 80 a 100 por cento, de acordo com os equipamentos de hospedagem, a cidade repleta de turistas e seguramente isso é um trabalho que envolve o poder público e a iniciativa privada.”.

Na avaliação do presidente do Convention Bureau Costa do Cacau, Marco Lessa, “como ocorreu este ano em períodos de grande fluxo de turistas, esta alta taxa de ocupação de leitos se deve ao trabalho de parceria entre os governos de Ilhéus e da Bahia e a Associação de Turismo de Ilhéus (Atil), que juntos têm feito inúmeras ações para a promoção e divulgação do turismo fora do estado e o bom relacionamento com as agências operadoras do setor.”

O secretário Roberto Lobão considera ainda que alguns setores de serviços já sofreram melhorias significativas, em especial o de táxi. “Tivermos boa adesão dos taxistas no Programa Pró Turismo de Ilhéus, lançado no mês passado. Eles participaram de palestra de capacitação de atendimento ao público, e entendo que isso já refletiu positivamente neste feriadão. Estamos lançando o programa voltados para os guias, para que, pouco a pouco, toda a cadeia de serviços do turismo possa estar capacitada para oferecer a melhor prestação de serviços para os visitantes que aqui estejam”, acrescenta.

O presidente do Convention Bureau Costa do Cacau, Marco Lessa, considera que é necessário um forte empenho por parte dos governos municipal e estadual e principalmente dos empresários ligados ao setor. “Eles precisam compreender que se faça serviço de excelência. Os visitantes precisam ficar encantados com o atendimento nos hotéis, nos restaurantes, nos receptivos, porque os nossos concorrentes são muitos no Brasil e no exterior. Percebo que isso irá mudar de forma gradativa porque o turismo gera emprego e renda, incrementar o comércio o ano todo”, lembra.

Lessa destaca que o município de Ilhéus conta ainda com aspectos culturais e naturais, rodovias como a BR-101 e a BA-001, porto, aeroporto e matrizes econômicas, como a própria agricultura, que é positiva com o cacau. “A cidade está preparada naturalmente para receber os visitantes e isso motiva a vinda deles porque no mapa geoturístico da Bahia nossa região, a Costa do Cacau, é considerada a mais completa, pela forte expressão da natureza, do turismo rural, gastronomia, praias lindas e clima favorável”, salienta.

 

Assunto Relacionado

Comente