Justiça mantém prisão de investigados por invadir celular de Moro e outras autoridades

Julho 30, 2019 Sem comentários »

O juiz federal Vallisney de Souza Oliveira manteve, nesta terça-feira (30), a prisão de quatro suspeitos por envolvimento na invasão de celulares do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, e outras autoridades do país.

Os investigados Gustavo Santos, Suelen Priscilla de Oliveira, Danilo Marques e Walter Delgatti Neto, conhecido como Vermelho, vão permanecer presos até a próxima quinta-feira (1º) quando se encerra o prazo da prisão temporária.

O quarteto foi preso na última terça-feira (23). A investigação começou após a divulgação de trocas de mensagens atribuídas ao então juiz federal Sergio Moro e ao coordenador da Lava Jato no Paraná, Deltan Dallagnol, por meio do aplicativo Telegram.

Assunto Relacionado

Comente